A gestão da saúde: a nova variável na gestão do talento

December 9, 2020

gestão da saúde Diretor Financeiro

Entre as prioridades do Diretor de RH está a tarefa de garantir que as suas equipas contem com as melhores condições de trabalho possíveis, evitando comprometer a sua produtividade. Algo que assumiu um papel importante, após a eclosão da pandemia global com a que ainda hoje lutamos.

Obviamente, a base do bem-estar destas equipas está na gestão da saúde e na segurança laboral. Isso já era crucial antes da pandemia COVID-19, mas agora tornase uma parte fundamental das estratégias de recursos humanos e gestão de talentos.

O teletrabalho como medida principal de salvaguarda da saúde

A realidade atual confronta a força de trabalho com um modelo híbrido, no qual o teletrabalho ganha relevância como nunca em Portugal. Além disso, as empresas prestam especial atenção à implementação de medidas que permitam a monitorização em tempo real do estado de saúde. Através de sensores de temperatura e ocupação, câmeras térmicas e outras ajudas tecnológicas.

A tecnologia também pode ajudar a equipa de RH a proteger a saúde da força de trabalho. Como? Através de um software de gestão de RH que elimina as barreiras da presença física. Sem que isso implique uma redução no cumprimento dos objetivos.

O teletrabalho, além de prevenir o contágio e a disseminação da pandemia, configurase como uma oportunidade de construção de uma nova cultura corporativa. Uma forma inovadora de enfrentar os desafios corporativos, onde a participação bidirecional em processos-chave, a gestão de talentos com abordagem inteligente e o acompanhamento adequado do trabalho podem ampliar consideravelmente a visão de futuro.

O software de gestão de RH como arma estratégica

Graças a um software de gestão de RH apropriado, podemos zelar pela saúde da força de trabalho. Mas, ao mesmo tempo, poderemos garantir a melhor produtividade das equipas de trabalho. Estas ferramentas permitem saber se os colaboradores estão a desempenhar a função mais adequada para eles. Além disso, podemos saber rapidamente quais competências devem desenvolver para valorizar seu talento e, assim, otimizar o desempenho das equipas. Portanto, é um bom momento para desenvolver exponencialmente o talento dentro de portas, por meio de planos de formação.

Single Source num momento sensível

As empresas precisam ter informações confiáveis e em tempo real sobre tudo o que acontece com a força de trabalho: status da rotação de equipas em teletrabalho, as licenças temporárias ou ausências por motivo de doença ou confinamento preventivo, o trânsito ou localização nas instalações, etc. Ou, simplesmente, vamos perguntar num departamento de RH de uma média ou grande empresa: quantos funcionários estão hoje a trabalhar? A resposta costuma ser acompanhada por pouca convicção.

Portanto, ter uma única fonte de determinados dados, o que é conhecido como Single Source of Truth, facilita a tomada de medidas em caso de um possível contágio. Graças ao Core HR de Talentia, podemos simular alterações e facilitar a gestão “local” dos dados de recursos humanos através de processos flexíveis, otimizados e em tempo real.

Avaliar o impacto do COVID-19 através do software de gestão de RH

A gestão das faltas assume uma importância renovada no novo normal. Além de poder acompanhar as férias, é imprescindível acompanhar as baixas por contágio do COVID-19. Esta tarefa é complicada se tiver que gerir centros diferentes em locais diferentes. O Core HR e a sua ferramenta Absence Management simplificam esta tarefa.

É possível que seja o próprio funcionário a notificar a sua ausência. Assim, permite que toda a equipa de gestão de talentos tenha uma visão completa em tempo real. O que torna o Core HR um aliado num momento em que a gestão da saúde é fundamental.